Liberação de vistos para EUA, Canadá, Austrália e Japão incentiva turismo

Desde março, a liberação do visto para turistas do Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão resultou em um aumento de interesse de 36% em conhecer o Brasil. Os dados são do governo federal, divulgados nesta semana.

Após a isenção, os números de viagens contratadas por pessoas no Estados Unidos cresceram 53% em junho e 97% em julho, se comparados aos números do ano passado.

Em relação ao Canadá, o aumentou foi de 86% para junho e de 135% para agosto.

A isenção se aplica a turistas que visitem o Brasil por até 90 dias e pode ser prorrogado, desde que a estadia não ultrapasse 180 dias por ano a partir da primeira entrada no país.

Turismo de Negócios

O setor cresceu quase 15% no primeiro semestre do ano em relação ao mesmo período do ano passado.

Os gastos destes turistas também aumentaram 14,8%, saindo de R$ 4,85 bilhões, nos seis primeiros meses de 2018, para R$ 5,57 bilhões neste ano.

Entre os setores que mais apresentaram alta, estão o rodoviário, o de hotelaria e o de aviação.

Gasto de estrangeiros

O primeiro mês após a isenção de vistos para os países anteriormente mencionados, registrou um expressivo aumento de gastos dos turistas estrangeiros no país.

Em julho, US$ 598 milhões foram injetados na economia brasileira pelos turistas estrangeiros, um aumento de 43,4% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Contraponto: Vale lembrar que não houve nenhuma contrapartida estrangeira que beneficiasse o Brasil, ou seja, eles continuarão a exigir vistos para turistas brasileiros.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais