Siga nas redes sociais

Search

Oktoberfest Blumenau registra lucro de R$ 5 milhões

Crédito da foto: Ana Paula Dahlke
Crédito da foto: Ana Paula Dahlke

O destaque da edição deste ano da Oktoberfest Blumenau é que as receitas aumentaram mesmo com a redução do público.

O resultado foi um superávit de R$ 5 milhões, que representa um aumento de 10,92% em relação ao ano passado.

Os dados foram apresentados na manhã desta sexta-feira, dia 13, para convidados e imprensa local.

Na ocasião, a Secretaria de Turismo da cidade também apresentou a campanha oficial da próxima edição da festa.

Superávit detalhado: o destaque é para o aumento das receitas (R$ 15.248.147,63, número 1,44% maior que em 2018), e despesas que ficaram estáveis, crescendo apenas 0,22% em relação ao ano passado, aumento inferior à inflação (10.243.531,97). O resultado foi superávit de R$ 5.004.615,66, 10,92% maior que no ano passado.

Onde o dinheiro da Oktoberfest é aplicado?

O lucro é aplicado em eventos municipais como o Réveillon, Magia de Natal, Sommerfest, Feira da Amizade, eventos da Vila Itoupava, Páscoa de Blumenau e Rota de Lazer, e também em modalidades esportivas. Os recursos também são investidos na gestão da estrutura do Parque Vila Germânica, Parque Ramiro Ruediger e Ginásio Galegão.

Campanha Oktoberfest 2020

Na ocasião também foi lançada a 37ª Oktoberfest Blumenau, idealizada pelo arquiteto e artista plástico, Jean Tomedi.

A arte reproduz o portal do Parque Vila Germânica, com traços leves e sucintos. O original foi feito em papel algodão e desenho em carvão.

“Ele é um trabalho simples, limpo, leve, que diz muito com poucas coisas. E é o tipo de trabalho que eu valorizo muito”, avalia Tomedi.

Foto: Marcelo Martins

Pesquisa de satisfação

A organização também divulgou os resultados da pesquisa de satisfação feita durante a festa. A percepção do público é bastante positiva.

Segurança em alta: na avaliação geral da estrutura, o público classificou positivamente a segurança. 71,2% dos visitantes a classificou como ótima. Em 2018, 67,3% das pessoas havia feito a mesma avaliação. Os banheiros também foram bem avaliados: neste ano, 60% dos entrevistados classificaram como ótimo. Outro destaque foi a acessibilidade. 53,4% dos entrevistados deram nota máxima à questão. Em 2018, 33,5% das pessoas fizeram o mesmo.

Mais blumenauenses na festa: este ano, os blumenauenses foram maioria na festa. A pesquisa mostrou que 51,2% do público deste ano era daqui. Em 2018, o índice foi de 30,3%.

Turistas querem voltar: dos turistas entrevistados, 95,9% querem voltar à cidade. Eles são em maioria de Santa Catarina (50,2%), seguidos de São Paulo (15,9%) e Paraná (11,5%).

Oktober Karte: o Oktober Karte novamente foi apreciado pelas pessoas. 95,4% dizem que o cartão facilitou as compras. O que comprova a eficiência do cartão frente aos tickets de papel.

Preços: a pesquisa também mostrou que 53% das pessoas acharam justos os preços das bebidas, e 51% os de gastronomia e ingressos.

Desfiles oficiais: os desfiles são um encanto à parte. A credibilidade da atração é tamanha que o público deu nota 9,5, sendo que o máximo seria 10.

“O nosso objetivo, que era de entregar uma festa com qualidade aos visitantes, foi atingido e os resultados da pesquisa comprovam isso. Mesmo assim, já estamos nos programando para 2020, com o intuito de continuarmos aperfeiçoando essa festa que é tão querida por todos”, diz o secretário de Turismo e presidente do Parque Vila Germânica, Marcelo Greuel.

A 36ª Oktoberfest Blumenau aconteceu de 9 a 27 de outubro, e foi uma realização da Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer (Sectur) e Parque Vila Germânica.

A festa teve como cervejaria oficial a Eisenbahn e contou com o patrocínio de Bradesco, Cielo, Elo, Nacional Gás, Unifique, Booking.com, Angeloni, Heinz, Koerich, Stuttgart Porsche, Buser e Intelbras. A Oktoberfest Blumenau teve ainda o apoio de Ipel, O Boticário, Shell, Lufthansa e Claro.

Compartilhe

Redação Economia SC

Tudo sobre economia, negócios, inovação, carreiras e sustentabilidade em Santa Catarina.

Leia também

Receba notícias no seu e-mail