Siga nas redes sociais

Search

Movimentação de contêineres no Porto de Itajaí cresce 22%

O Porto de Itajaí fechou o primeiro trimestre do ano com um aumento de 22% na movimentação de contêineres se comparado ao primeiro trimestre do ano passado.

Na movimentação de cargas, o saldo trimestral foi de um aumento de 19%.

Já em relação as embarcações, o crescimento foi de 16%.

No total, foram 129 atracações neste ano contra 111 no mesmo período do ano passado.

Mesmo diante das dificuldades econômicas decorrentes da pandemia do coronavírus, que interferiu na movimentação de cargas e no comércio exterior, o porto teve um aumento foi de 17% na movimentação de cargas, 21% na movimentação contêineres e 18% no número de atracações.

“Esse crescimento na movimentação de contêineres, de 21% em março, e de 22% no trimestre, não é isolado. Ele é resultado do acumulado do crescimento de 150% dos últimos três anos. Isso nos deixa muito satisfeitos, porque não é só falar sobre números estatísticos, é falar da geração e manutenção de emprego, da geração de riqueza em Santa Catarina, que é o que nos motiva a enfrentar todas essas adversidades”, destaca o engenheiro Marcelo Werner Salles, superintendente do Porto de Itajaí.

Mesmo assim, o Porto de Itajaí projeta manter sua movimentação, visto que Santa Catarina tem uma indústria forte, com boa penetração no mercado internacional.

O estado também depende das importações de matéria prima para manter essas atividades industriais, além do novo fator competitivo que é o início das operações na nova bacia de evolução, que vai permitir a movimentação de navios de até 307 metros

Compartilhe

Redação Economia SC

Tudo sobre economia, negócios, inovação, carreiras e sustentabilidade em Santa Catarina.

Leia também

Receba notícias no seu e-mail