E-commerce da Cia Hering cresce 165% no segundo trimestre

Mesmo diante da crise gerada pela pandemia, a Cia. Hering tem conseguido se adequar e inovar em meio às mudanças do mercado e às novas tendências de consumo.

Tais esforços já podem ser traduzidos em melhora de indicadores operacionais e financeiros, como no canal e-commerce que, no segundo trimestre deste ano, obteve um incremento de 165%, atingindo R$ 40 milhões de faturamento. 

Embora o desempenho do período tenha sido afetado duramente pelo fechamento das lojas físicas, a companhia obteve resultados expressivos, como a expansão de 211,8% no lucro líquido, totalizando R$ 126,9 milhões.

Outro indicador em evidência é o avanço de um novo canal de vendas, conhecido como key-accounts, majoritariamente players do varejo online especializado, que apresentaram crescimento de 237% versus o mesmo período do ano anterior.

Ao longo do trimestre, a empresa potencializou o seu processo de transformação digital, incluindo a omnicanalidade, cuja modalidade já faz parte do ecossistema da empresa.

Entre os recursos desenvolvidos está a plataforma de Social Selling, por meio da qual é possível realizar vendas comissionadas para micro comunidades. Este novo formato de venda já possui 3 mil revendedores cadastrados.

Além disso, a companhia reforçou o seu plano de expansão, com o formato one stop shop, a exemplo do ponto de venda físico situado no Park Shopping São Caetano (SP), com a inauguração de novos locais ainda este ano.

O trimestre contabiliza 719 lojas, das quais 699 estão localizadas no Brasil e 20 no exterior.

Vale ressaltar que a empresa acelerou a conversão de varejos qualificados em franquia light, inaugurando 39 pontos de venda neste modelo. 

O balanço completo pode ser conferido no site clicando aqui.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais