Empresa têxtil utiliza o primeiro acabamento de silicone a partir da reciclagem no Brasil

Transformar o lixo em matéria prima é o alicerce da economia circular que vem ganhando cada vez mais espaço ao dar utilidade aos resíduos descartados.

Repensar o uso inteligente dos recursos naturais e a maneira como se produz não só minimiza os impactos negativos no meio ambiente, como também agrega propósito e traz competitividade ao mercado. 

Foi buscando otimizar processos e recursos que impactam positivamente no meio ambiente e na cadeia têxtil, que a Latina Têxtil, empresa de Brsuque que produz tecidos com tecnologia para para marcas fitness e de moda íntima, inovou e se tornou a primeira malharia no Brasil a utilizar o acabamento sustentável em todos os seus tecidos.

O ReCicle+ foi desenvolvido em parceria com o grupo alemão CHT, que atua em soluções químicas têxteis aplicadas em fios, malha e acabamentos dos tecidos e leva em sua composição o TUBINGAL RISE, amaciante produzindo a partir de acessórios de silicone descartados, pós-consumo, como capas de celular, chupetas, utensílios de cozinha e outros.

“Esta iniciativa comprova que é possível repensar e implantar processos sustentáveis na indústria. A parceria se tornou uma bandeira da Latina com a CHT para que possamos sensibilizar o mercado e a cadeia de consumo sobre a importância da economia circular. Decidimos absorver os custos e não repassar aos clientes para que, juntos, realmente possamos atingir o grande objetivo de gerar impactos positivos no mundo”, comenta André Jativa, diretor executivo da empresa.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais