Porto Itapoá completa 10 anos como um dos maiores e mais importantes terminais portuários do Brasil

A partir de um sonho visionário da família Battistella há 27 anos, uma década e meia depois o projeto do Porto Itapoá foi concretizado, contribuindo para elevar a Baía da Babitonga, litoral Norte de Santa Catarina, ao mesmo patamar dos grandes complexos portuários do país.

Ao completar 10 anos de operação neste dia 16 de junho de 2021, o Porto Itapoá já se tornou um dos maiores e mais importantes terminais portuários do Brasil e é considerado um dos terminais mais ágeis e eficientes da América Latina.

“O Porto Itapoá evoluiu a partir da persistência, do trabalho e da determinação de seus idealizadores e carrega essas qualidades até hoje no dia a dia de suas operações. Adicionamos a este projeto princípios como a inovação, a sustentabilidade e a eficiência, que culminaram em uma empresa sólida, consolidada e que cresce a cada ano, contribuindo para o desenvolvimento local, regional e nacional”, destaca o presidente, Cássio José Schreiner.

Ele está posicionado entre as regiões mais produtivas do Brasil, contemplando importadores e exportadores de diversos segmentos empresariais.

O terminal possui capacidade para movimentar anualmente até 1,2 milhão de TEUs (unidade de medida de contêineres) com previsão para expandir sua capacidade de movimentação superando a marca de 2 milhões de TEUs por ano.

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E GERAÇÃO DE EMPREGOS

O Complexo Portuário da Babitonga que, a partir da instalação do Porto Itapoá passou a responder por quase 60% da movimentação do setor de Santa Catarina (ANTAQ 2019), é um dos mais importantes ativos portuários do país e estratégico para a infraestrutura de transporte e logística do estado.

Nesse período, a área de influência direta tem potencial de saltar de 16 para 48 empresas portuárias e retroportuárias com investimentos privados diretos que podem chegar na casa dos R$ 15 bilhões, passar de uma geração de renda anual de R$ 300 milhões para R$ 1,8 bilhão e saltar dos atuais 8.500 empregos para 45 mil oportunidades de novas vagas.

Especificamente em relação ao desenvolvimento de Itapoá, o município teve ganhos exponenciais a partir da operação do terminal. O porto gera 950 empregos diretos e mais de 5 mil indiretos.

Mais de 50% da mão de obra economicamente ativa do município está ligada à atividade portuária e somente os colaboradores do porto movimentam R$ 30 milhões/ano na economia local.

A arrecadação do município saltou de R$ 35 milhões em 2010 para R$ 108 milhões, um crescimento de 200%.

O ISS passou de R$ 210 mil em 2010 para atuais R$ 12 milhões, um aumento de nada menos do que 5.600%.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais