Siga nas redes sociais

Search

BRF anuncia startups selecionadas para o programa Ecco Comunidades

Foto: divulgação
Foto: divulgação

Instituto BRF, responsável pelos investimentos sociais da BRF, em parceria com o Quintessa e o Prosas, selecionou 8 startups de impacto socioambiental para fazerem parte da primeira edição do Ecco Comunidades.

O objetivo é apoiar soluções que atuam na redução de perdas e desperdícios de alimentos, além de promover o desenvolvimento territorial a partir da aceleração e implementação de suas soluções em cinco municípios onde a empresa está presente: Dourados (MS), Lucas do Rio Verde (MT), Nova Mutum (MT), Rio Verde (GO) e Uberlândia (MG).

“O Instituto BRF trabalha desde 2012 para promover o desenvolvimento e a inclusão nas localidades onde a empresa está presente. Com o Ecco Comunidades, queremos promover impacto social positivo por meio da inovação, ampliando nossos esforços para combater o desperdício de alimentos e promover segurança alimentar em parceria com a sociedade civil”, destaca Bárbara Azevedo, gerente do Instituto BRF.

Cada iniciativa receberá até R$ 90 mil e, ao longo de 4 meses as selecionadas participarão de workshops em grupo e receberão apoio individualizado para atuar nos desafios estratégicos de cada negócio.

Ao final dessa etapa, estarão elegíveis para serem selecionadas para a segunda fase do programa, no qual poderão implementar suas soluções nos territórios de atuação da empresa.

Conheça as oito startups:

  • Connecting Food: Implementam um sistema de redistribuição de alimentos excedentes para Organizações da Sociedade Civil auxiliando setores da alimentação a diminuir custos com resíduos e gerar impacto social..
  • Eats For You: Foodtech que funciona como um Marketplace de comida caseira – oferecem alimentação de qualidade gerando renda formal por meio da inclusão produtiva e fomento do empreendedorismo.
  • Gastronomia Periférica: Negócio social que visa transformação por meio do desenvolvimento técnico e humano. Tem a missão de alimentar pessoas de comida e conhecimento, na mesma proporção.
  • Já Entendi: Capacitação profissional online e offline com metodologia especializada para pessoas de baixa escolaridade.
  • Lemobs: Transformação digital das cidades com soluções de impacto. Oferecem gestão da alimentação escolar com foco na saúde nutricional dos alunos, redução de desperdícios e agricultura familiar.
  • ManejeBem: Geram inteligência para o desenvolvimento de comunidades rurais familiares. Ajudam a estruturar a cadeia produtiva agrícola, através da promoção da inteligência para a tomada de decisão no campo e da geração de produtos rentáveis com responsabilidade social, por meio da coleta de dados sócio-agroambientais..
  • Sumá: Estruturam cadeias e qualificam agricultores e cooperativas para o fornecimento de alimentos por meio de contratos de compra programada e entrega fracionada em seus territórios de atuação.
  • Whywaste: Utilizam bigdata e inteligência artificial para ajudar o varejo/atacado a reduzirem suas perdas com produtos próximos ao vencimento.

Compartilhe

Redação Economia SC

Tudo sobre economia, negócios, inovação, carreiras e sustentabilidade em Santa Catarina.

Leia também

Receba notícias no seu e-mail