Agência e21 mergulha agora numa ressignificação do seu próprio negócio

No negócio da comunicação, mudar é uma constante. Até porque o mundo muda, os meios mudam, os consumidores mudam, a tecnologia muda, as vontades e necessidades mudam.  

Quando a gestão da e21 se reuniu em 2020 para planejar o que seria o ano seguinte na agência, o cenário era bastante desafiador: a pandemia se mantinha firme, as vacinas ainda não haviam sido liberadas no Brasil e a sensação era de que dias mais tensos estavam no horizonte, mas precisariam ser enfrentados.

REDEFINIÇÕES ESTRATÉGICAS

“Buscar se reinventar e manter clientes era uma questão de sobrevivência” afirma Luciano Vignoli, CEO da agência.

A decisão então foi olhar para dentro do próprio negócio, tornar cada vez mais evidentes as fortalezas da agência e, através de um alinhamento de propósito, estabelecer metas para cumprir este propósito.  

Assim, definido o propósito da agência, de Transformar a realidade das empresas, usando a inovação e o talento de pessoas inspiradoras e comprometidas com o sucesso dos clientes, o segundo passo foi se reestruturar internamente e elaborar um ousado plano de ação baseado em duas palavras que estão no DNA da e21diferenciação e valor.

Como diferenciação, a e21 oferece a seus clientes um modelo condução de negócios a partir de uma visão de objetivos da marca compartilhada, que a agência chama de Jornada de Transformação do Cliente, com etapas e metodologias profundamente definidas para a cada vez maior geração de valor de marca.

Também foram oferecidos novos serviços como monitoração de performance (a agência conta com mais de 20 softwares com este fim) para mensurar com mais precisão o resultado das ações propostas, elevando o ROI do cliente. 

Ainda no tema diferenciação, foram desenvolvidos novos processos internos e estabelecidas metas de produtividade para o grupo de gestão da agência. Tudo com o objetivo de acelerar a eficiência e a rentabilidade do próprio negócio e21

Para contemplar o quesito valor, a agência criou um modelo de absoluta especialização em segmentos de negócios (agro, B2B e B2C), oferecendo informações e estratégias em cada um deles capazes de atacar as principais ameaças ou mesmo resolvendo problemas que o cliente nem avalia que poderia ter.

A agência criou também uma estratégia de valorização de cases que acarretaram em transformação de negócios dos seus clientes, com ampla divulgação desenvolvida pelo marketing interno, onde foram enviados mais de 90 mil disparos de e-mails com conteúdos relevantes para a base de contatos organizada em seu CRM.

PROJETOS DE TRANSFORMAÇÃO

Transformar negócios é uma obsessão na e21. Todos os quase 50 colaboradores estão imbuídos deste espírito, exercido diariamente. De, a cada oportunidade, criar algo que tenha impacto no negócio do cliente.

No ano passado, foram vários clientes que receberam projetos de comunicação com impactos positivos em sua performance de negócios, como Massey Ferguson, HERC, Tuper, além de novos projetos para marcas como Croplife, CCGL e Uvibra/Consevits, entre muitos outros.

A e21 focou numa atuação estratégica configurada no estabelecimento de grandes projetos transformadores para seus clientes, projetos que pudessem unir a melhor leitura de dados, com um storytelling consistente e uma entrega multiplataforma.

“Foram projetos verdadeiramente 360 graus, com impactos múltiplos e organizados, que repercutiram em toda a cadeia de valor do cliente”, ressalta Fernanda Kubiack , diretora de operações e atendimento da agência.

Vale aqui destacar alguns dos mais significativos realizados no ano:

  1. Projeto marca os 60 anos Massey Ferguson
  2. Projeto marca o lançamento do leite condensado da CCGL 
  3. Projeto reestabelece o Branding Estratégico para TANAC
  4. Projeto de rebranding da HARD
  5. Projeto de valorização de vinhos e sucos nacionais promovido juntamente com a Uvibra
  6. Projeto HERC 58 anos
  7. Movimento CropLife em prol do agronegócio
  8. Projeto dos 50 anos da Tuper
  9. ​Projeto Autmower Husqvarna
  10. Projeto SKYFLD® HELM 

Conheça outros cases da e21 clicando aqui.

PREMIAÇÕES

O último ano veio coroar também mais uma grande performance da agência no mais importante prêmio de marketing do agronegócio brasileiro, o Mostra ABMRA.

O resultado transformou a e21 uma das 3 mais premiadas agências da história deste certame. 

Foram destaques os cases para Massey Ferguson (Vintage Collection e Campanha COVID) e Husqvarna (Campanha Automower)

RECONSTRUÇÃO INTERNA

No campo de sua própria estrutura, a e21 investiu forte no desenvolvimento e aprimoramento. Desde a compra de novos equipamentos, que impactaram positivamente as condições de trabalho de 75% de seus profissionais, até a reavaliação absoluta de seus processos internos (revistos, reescritos e retreinados) e culminando em novas ferramentas de automação de gestão e de operação.

“Investimos centenas de horas em aprimoramento de uso de tecnologia para medição e avaliação de nossa performance, não somente financeira, mas também operacional. Na e21, todos os esforços são medidos, todos os contratos são controlados, tudo em função da profissionalização absoluta de processos de governança e gestão”, complementa Vanessa Miyabara, coordenadora administrativa-financeira. 

DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS

Mas nada do que a agência realizou em 2021 seria possível sem as pessoas. O time da e21 passou também por um olhar especial por parte da gestão no ano que passou. 

Obviamente, a agência manteve um modelo híbrido de operação em razão da pandemia, dando todo suporte para que os profissionais pudessem realizar suas tarefas de forma integrada, mesmo à distância. 

Também não esqueceu de realizar vários exercícios de qualificação de seus colaboradores e promover ciclos de debates internos bastante importantes e significativos, como:

  • Fórum de Criação.
  • Coaching de Liderança.
  • Meeting de Inovação e Tecnologia.

E ainda como forma de municiar os profissionais de maneira integrada, o planejamento da e21 trabalhou na construção de uma central de dados dos clientes, chamado carinhosamente de WiKie21, uma espécie de Wikipédia interna, e com isso centralizou as informações estratégicas e as deixou acessível a todos de forma online, tornando a consulta ainda mais ágil. 

PERFORMANCE

O trabalho deu resultado. Mais do que se manter viva, ativa e criativa a agência cresceu.  Com os trabalhos proativos para os clientes e a conquista de novos projetos, o crescimento se deu em exatos 27% (meta estabelecida no início do ano). Quem explica o fato é Ubiratan Fontoura, sócio e diretor-comercial:

“Conseguimos bater nossas metas de performance do ano, graças à qualidade de projetos que entregamos. Num momento em que a comunicação erradamente se banaliza num digital burocrático, nossos projetos entregam uma verdadeira transformação de percepção para as marcas que trabalhamos, com forte impacto nos negócios. É isso que fez nosso ano ser tão expressivo e nos faz planejar um 2022 ainda melhor!”.

2022: O DESAFIO DA RESSIGNIFICAÇÃO

Para 2022, Luciano Vignoli é realista:

“Inflação, novas variantes do vírus, baixo crescimento econômico, eleições, tudo isso comporá um cenário de dificuldades. Será um ano duro. Mas com quase 40 anos de negócio, qual não foi? Pretendemos manter nosso crescimento anual acima de 20%. Temos todo um plano comercial para isso e sabemos que será um grande desafio. Mas estamos preparados para isso”.

E para um ano que promete muito, a e21 estabeleceu novos desafios estratégicos que iniciam na discussão da sua própria atuação junto às marcas que querem dar o próximo passo. 

“Queremos ser ainda mais ágeis, abertos e precisos em nossas propostas, porque entendemos que num mundo ainda mais volátil, as marcas precisam se reinventar a cada 30 dias. Portanto, o que funcionou ontem, não significa que vá funcionar hoje”, coloca Fernanda.  

Para isso, a agência está cada vez mais se fortalecendo como um braço estratégico do negócio dos clientes, indo para muito além da propaganda.

Neste sentido, tem reforçado sua inteligência de dados com novas ferramentas e capacitado seus colaboradores para que atuem cada vez mais de forma estratégica. 

Para exemplificar isso, a e21 desenvolveu a metodologia própria chamada de Jornada de Transformação do Cliente, uma espécie de timeline organizada por processos sequenciados onde os squads entram em momentos específicos do projeto, com sinergia a partir de uma mesma visão de objetivo determinado.

Este processo é regulado e mantido por um Gestor de Projeto, que acompanha cada etapa da execução e ainda elabora uma pesquisa de satisfação e mensuração de qualidade do serviço da agência.  

“Precisamos mudar. Precisamos evoluir e estar à frente das demandas e necessidades dos clientes. E pra isso eles querem alguém que entenda os seus desafios, entenda os mercados, que identifique oportunidades para eles e entregue uma solução muito mais estratégica de posicionamento do que propriamente propaganda. Este é o nosso desafio daqui pra frente”, conclui Fernanda.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais