Unesc acelera a abertura de 100 polos EAD em parceria com o Instituto Mix

Depois de dois anos de ensino híbrido e virtual, devido à pandemia, os mais de 13 mil estudantes da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) estão se reacostumando com a nova rotina de aula presencial no campus localizado em Criciúma.

Nos próximos meses, um outro grande contingente de estudantes poderá se juntar às fileiras da universidade, mas num território bem mais amplo: os planos são de abrir 100 polos de educação a distância espalhados por todo o país.

Para acelerar a expansão, a universidade fechou uma parceria com o Instituto Mix, hoje uma das principais redes de escolas de educação profissionalizante do país.

A empresa nasceu em Araranguá, no Sul do estado, e atualmente mantém mais de 600 franquias em todo o território brasileiro.

“Temos dois milhões de alunos de cursos profissionalizantes que, a partir dessa parceria, podem dar continuidade aos estudos por meio da graduação”, destaca Alex Cavalheiro, CEO da empresa.

Os próximos passos prometem ser rápidos. Eles sucedem, no entanto, um período em que a instituição dedicou tempo e energia para desenvolver o ensino virtual nsem perder a qualidade das aulas presenciais.

A Unesc projeta para o início de abril a abertura dos 10 primeiros polos EAD, localizadas em seis estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo e Rondônia.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais