Corretora internacional investe R$ 33 milhões e abre sede em SC

Florianópolis é a cidade escolhida para ser a sede da ActivTrades no Brasil. Com 20 anos de mercado, a empresa de origem suíça com sede em Londres, inicia suas operações em solo nacional com foco voltado a pessoas físicas. 

A partir de agora, investidores contarão com um procedimento inédito no país: a intermediação da corretora para a negociação de uma gama maior de produtos, principalmente internacionais.

A empresa também aterrissa com base na educação financeira para propiciar a investidores e a quem pretende ingressar na área uma melhor compreensão sobre o mercado de capitais.

Com mais de 145 mil clientes em todo o mundo, a empresa investiu, até o momento, R$ 33 milhões para iniciar as operações no país, incluindo o novo escritório, que fica na cobertura do Pátio Milano.

Com o aporte, a meta é crescer em 10 vezes o número de investidores, chegando a mais de 270 mil clientes até o fim de 2023. 

Segundo o diretor executivo da ActivTrades, Rodrigo Bedin, catarinense com longa trajetória no mercado financeiro mundial, pontua que a escolha por Florianópolis foi uma aposta para se diferenciar no mercado, além do posicionamento estratégico para atuar na região latino-americana:

“Além de reter talentos e proporcionar qualidade de vida, a cidade é considerada a capital brasileira da inovação, além de ser referência em educação”, explica.

Para investir no mercado financeiro através da plataforma, é necessário fazer o teste de perfil (suitability), constituído por dois exames técnicos que identificam a experiência de mercado e a capacidade financeira da pessoa. O valor do depósito mínimo para a abertura de conta é de R$ 2,5 mil, permitindo também a aquisição de contratos de forma fracionada. 

PRÓXIMOS PASSOS

Para tanto, o cronograma da companhia é finalizar, em abril, o processo de integração à bolsa de valores B3, para, em maio e junho, iniciar as operações no mercado de balcão.

Entre agosto e setembro, passará a disponibilizar contratos futuros e, a partir de dezembro, pretende iniciar negócios com ações brasileiras.  

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais