JBS investe US$ 60 milhões em centro de pesquisa de proteína cultivada em SC

A JBS, líder global em alimentos à base de proteína, escolheu Florianópolis para sediar o JBS Biotech Innovation Center, um centro de pesquisas voltado para a área de alimentos.

O local terá como foco o desenvolvimento de tecnologia própria para a produção de proteínas cultivadas, visando tornar mais eficiente, escalável e financeiramente competitivo o seu processo produtivo.

O investimento estimado é de US$ 60 milhões nos próximos quatro anos. Nesse primeiro momento, a companhia concentrará esforços na construção de instalações especializadas para o desenvolvimento de tecnologia 100% nacional para a produção de proteína cultivada e da planta piloto, bem como na aquisição dos insumos necessários para a realização das pesquisas.

A estrutura será instalada em um terreno de 40 mil m2, compondo um complexo que ocupará uma quadra de quatro lotes no Sapiens Parque.

“Esse é o maior investimento de uma empresa brasileira no setor de proteína cultivada e reforça nossa estratégia de inovação para atender à crescente demanda por alimentos”, destaca Eduardo Noronha, Head de Inovação e Excelência Operacional da JBS.

O novo centro deve gerar mais de 100 empregos diretos, incluindo vagas de alta qualificação profissional, inicialmente com 25 especialistas-doutores apenas para o projeto de pesquisas em proteína cultivada.

O projeto será liderados pelos doutores Luismar Marques Porto, presidente do JBS Biotech Innovation Center, e Fernanda Vieira Berti, vice-presidente do Centro de PD&I.

INVESTIMENTO CONSOLIDA MOVIMENTO APÓS AQUISIÇÃO DE EMPRESA ESPANHOLA

O investimento no centro consolida o movimento iniciado pela empresa em novembro do ano passado, com a aquisição do controle da empresa BioTech Foods.

A empresa da Espanha é uma das líderes no desenvolvimento de biotecnologia para a produção de proteína cultivada e conta com apoio e financiamento do governo espanhol e da União Europeia.

A BioTech Foods utilizará os recursos da operação para financiar os seus planos de expansão. A empresa opera uma planta-piloto na cidade de San Sebastián e tem a expectativa de alcançar a produção comercial em meados de 2024, com a construção de uma unidade fabril com capacidade de 1 mil toneladas por ano. O investimento na nova instalação é estimado em US$ 41 milhões.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais