SC amplia em 20% vendas de produtos para as Forças Armadas e chega a R$ 302 milhões

Nos últimos três anos a indústria catarinense aumentou em mais de 20% o volume de vendas para as Forças Armadas do Brasil.

De acordo com um levantamento do Observatório FIESC, o volume comercializado passou de R$ 244,7 milhões em 2018 para R$ 302,8 milhões em 2021.

Oportunidades para ampliar essa participação estarão sendo discutidas na SC Expo Defense que a FIESC promove na próxima semana, nos dias 19 e 20 de maio, na Base Aérea, em Florianópolis.

“Santa Catarina é capaz de atender a todos os tipos de demandas militares porque temos em nosso DNA a cultura da inovação e da diversidade produtiva. Fornecemos desde alimentos, passando por peças de automóveis, motores, produtos hidráulicos, colete balístico, tintas especiais para aviões e tanques, inteligência artificial em comunicação e segurança, entre outros aparelhos e serviços”, cita o presidente do Comitê da Indústria da Defesa da FIESC, Cesar Augusto Olsen

14 empresas certificadas como Estratégicas de Defesa e duas homologadas como Empresa de Defesa no estado.

COMO PARTICIPAR DESSE MERCADO

Durante a feira de tecnologias e produtos de defesa, a equipe do Comdefesa fará o cadastro das empresas interessadas no fornecimento para o Exército, Marinha ou Aeronáutica.

Haverá também consultores especializados do Sebrae para orientar sobre os requisitos necessários para comercialização, além de rodada de negócios.  

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais