Juarez Domingues Carneiro assume presidência da Jucesc

A Junta Comercial de Santa Catarina (Jucesc) passa a ter Juarez Domingues Carneiro como novo presidente da autarquia, que é responsável pelo registro mercantil do estado, tendo a continuidade da também profissional da área contabilista Renata Silva, como vice-presidente.

“Agradeço a confiança depositada pelo governador e esperamos de forma harmônica e integrada dar continuidade ao processo de modernização da Junta e ao trabalho desenvolvido pelas gestões anteriores. Juntamente com os servidores, destinaremos esforços na implementação do balcão único e assinaturas avançadas, assim como na integração dos 295 municípios à Redesim e integração dos cartórios. A ideia é agregar cada vez mais as soluções inovadoras e tecnológicas para garantir que a instituição siga trabalhando com agilidade junto ao seu público e sendo referência no Brasil”, destaca.

O novo presidente é natural de Florianópolis, onde reside atualmente. Além de contador e doutor nesta área, ele também é auditor, administrador e advogado.

Presidiu os conselhos: Federal de Contabilidade (CFC) e Regional de Contabilidade de Santa Catarina (CRC/SC). Também foi presidente da Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC) e fez parte do Conselho Curador da mesma instituição. E ainda, ex-presidente do Grupo Latino-Americano de Emissores de Normas de Informação Financeira (GLENIF).

Com vasta experiência também na área privada, Juarez é sócio aposentado da KPMG Auditores e ex-sócio da Martinelli Auditores.

Em órgãos públicos tem experiência como procurador, diretor e gerente. Quando se trata de academias, Carneiro é membro da Nacional de Economia (ANE), Catarinense de Ciências Contábeis (ACCC), Norte-Rio-Grandense de Contabilidade, Sergipana de Contabilidade e membro Honorário da Academia Pernambucana de Ciências Contábeis. Além disso, é professor universitário de diversas IES.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais