Acig discute ações para o potencializar título de Capital Nacional da Moda Infantil em Gaspar

Cerca de 50 pessoas estiveram presentes nesta quinta-feira, dia 23, e contribuíram com opiniões que vão organizar e planejar Gaspar como a Capital Nacional Da Moda Infantil.

Além da diretoria da Associação Empresarial de Gaspar (Acig), que promoveu a iniciativa, representantes dos núcleos setoriais da entidade, lideranças políticas, empresários e a imprensa local participaram da reunião.

“A ideia é fazermos um trabalho conjunto com a prefeitura, entidades representativas e com empresários para que possamos projetar nossa cidade em curto, médio e longo prazos a partir do título que recebemos. Nossa responsabilidade é grande e, como afirmou uma empresária durante o encontro, o título sem resultados não é nada. Por isso precisamos nos engajar para termos um planejamento conciso, coerente e que atenda toda a demanda que veio junto com este título tão importante para Gaspar”, declarou Edemar Ênio Wieser, presidente da Acig.

IDEIAS

O debate de ideias foi conduzido por Caroline Favero Kalvelage, consultora de atuação regional Vale e Alto Vale da Facisc.

Os participantes se dividiram em grupos para levantar as oportunidades, fraquezas, forças e ameaças que o selo traz ao município.

A partir dos pontos levantados, uma nova divisão de grupos em têxtil, infraestrutura, comércio, segurança pública e turismo trouxe à tona o que pode ser agregado ao ecossistema local.

Envolvimento da comunidade no processo de construção da identidade do título, fortalecimento dessa identidade em todos os setores da economia, melhoria da malha viária, capacitação e qualificação da mão-de-obra (de produtos e serviços), organização de feiras, construção de um centro comercial e criação e núcleos para a vitrine de produtos, quantificação do efetivo policial para garantir a segurança pública, implantação de um Departamento de Trânsito que dê conta do aumento do fluxo interno e investimento na cultura da educação de crianças e jovens em torno do título foram alguns dos itens levantados. 

“As ideias serão compiladas, analisadas na Acig e transformadas em um documento direcionado à sociedade gasparense e ao Poder Executivo Municipal para que possamos traçar um planejamento concreto e viável e dar sequência às ações efetivas em prol do desenvolvimento da cidade”, destacou o presidente da entidade.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais