Censi Máquinas entra no nicho de camisaria

Mais uma vez, a Censi Máquinas, referência na indústria com equipamentos duráveis e de alta performance, marcará presença na Febratex, maior agenda têxtil da América Latina, entre os dias 23 e 26 de agosto, em Blumenau.

Para marcar o retorno da feira, a empresa de Gaspar apresenta um novo equipamento, desenvolvido a partir de uma demanda do mercado. A MCE-600 é uma fusionadeira para o segmento de camisaria, que tem uma área de produção e eficiência maiores comparadas aos equipamentos europeus.

“A MCE-600 nasceu de vários pedidos por um equipamento mais robusto. Nossa linha de fusionadeiras atendiam outros segmentos têxteis, mas não tinham capacidade para atender ao mercado de camisaria e alfaiataria. Nosso primeiro cliente nos orientou nas melhorias e indicou todas as suas necessidades para que construíssemos a máquina perfeita”, explica Sheila Censi Braun, diretora da empresa.

O equipamento está totalmente adequado à NR-12, tem regulagem automática das esteiras superior e inferior, controle de velocidade, temperatura e pressão e um sistema de desligamento inteligente, que mantém as esteiras funcionando até que atinjam cerca de 100ºC, garantindo vida útil maior às esteiras.

A máquina também tem proteção térmica, assegurando a segurança e bem-estar do operador, painel elétrico e esteiras sem emenda.

“Outra característica é que a área aquecida é de 1,5 metros. Em equipamentos dessa natureza, quanto maior a área aquecida, maior a produtividade. Na MCE-600 é possível aumentar a velocidade da esteira sem prejudicar o tempo de aquecimento da entretela”, orienta a executiva.

A máquina é indicada para a fabricação de colarinhos, peitilhos, punhos e outras peças que necessitem da entretela.  

Outra novidade da empresa para a feira são os reforços da família Press (máquinas automáticas para aplicação de tags). A linha, que já possui cinco máquinas de identificação, ganha um equipamento com uma nova funcionalidade: aplicar tags em locais mais complexos, como por exemplo embaixo do braço – uma exigência de alguns magazines.

“Esta é uma das máquinas que faltava para nossa família tagpress. É uma dor antiga dos nossos clientes e já validamos sua eficiência com a primeira máquina operando dentro de um dos maiores magazines do país. A família de máquinas tagpress, está em constante evolução, algumas apresentaremos na feira e outros lançamentos estão próximos, mas ainda não podemos contar. Com a ampliação da linha de equipamentos, estamos nos consolidando como maior fabricante de soluções em identificação do país”, afirma a diretora.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais