Florianópolis sedia evento internacional de criptomoedas na próxima sexta-feira

A evolução dos meios de pagamentos com criptomoedas ganhou um novo capítulo que reforça cada vez mais a democratização deste mercado.

A disrupção das finanças descentralizadas (DeFi), associada com as stablecoins e tecnologia como o PIX, fez com que seja possível pagar um simples cafezinho com cripto. E é essa a temática do evento que acontece nesta sexta-feira, dia 23, a partir das 19h, no Floripa Square.

O evento gratuito pretende ensinar as pessoas como é possível converter Reais para cripto, pagar contas, tudo por meio do PIX.

Organizado pela comunidade da Bitfinex no Brasil, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo, o encontro terá palestra de Rocelo Lopes, CEO da Smartpay e especialista em blockchain.

Para quem não sabe, as stablecoins são criptos lastreadas em alguma moeda oficial, como a Tether (Dólar) e o BRZ (Real), por exemplo.

Nesse caso não há volatilidade, a não ser no caso de moedas onde é preciso fazer o câmbio, como o dólar.

Somado a isso tivemos a evolução do PIX, que permitiu, com sua API, o desenvolvimento de ferramentas que fazem com que as stablecoins possam ser convertidas em Real, em segundos.

Exemplo disso é o Swapix, ferramenta que permite a conversão de Tether para Real por meio do PIX. Lançado pela Smartpay em março deste ano, a ferramenta já ganhou diversas atualizações.

Hoje, já é possível fazer a conversão direto da wallet para o app bancário e vice versa, realizar compras em estabelecimentos que aceitam PIX e até receber troco do pagamento.

“Um estabelecimento não precisa aceitar cripto, só precisa aceitar o pagamento em PIX. Eu pago em cripto e ele recebe em Real”, explica Rocelo Lopes, CEO da Smartpay.

Agora, a novidade é a integração com a plataforma da Bitfinex. A parceria já existe desde o lançamento, mas agora com a nova atualização será possível converter Tether dentro da plataforma web e receber em Real no aplicativo bancário.

“A Bitfinex é a primeira Exchange do mundo a ter uma funcionalidade como essa. Quando lançamos a ferramenta, só existiam uma ou duas wallets com os requisitos para o funcionamento. O mercado não estava preparado. Agora, estamos trabalhando em conjunto para que essa tecnologia chegue para todo o mercado”, complementa.

Os interessados podem fazer as inscrições no site clicando aqui.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais