Como aproveitar a Copa do Mundo para aumentar as vendas na Black Friday

Este ano, a Copa do Mundo e Black Friday serão dois eventos realizados simultaneamente. 

Enquanto corações batem mais forte torcendo pela seleção, empresários estão atentos para aumentar as vendas nesta data tão esperada para comércios, sejam eles físicos ou eletrônicos.

Para não fazer feio no “campo” das vendas online, Vinicius Correa, CEO da Mailbiz, preparou algumas dicas que podem ajudar a impulsionar seu negócio.

Primeiramente, é preciso entender que existem quatro etapas para que o sucesso seja alcançado. São elas: preparando a casa, entrando no clima, se preparando para a festa e mês da Black Friday. Em todas estas etapas saber se planejar é fundamental. 

PREPARANDO A CASA

Nesta etapa consumidores já começam a se organizar com produtos que exigem um certo planejamento para serem entregues na data certa. 

“Aqui falamos de televisores, home theaters, computadores ou outros artigos do mesmo segmento. Além de um bom preço, consumidores e vendedores têm que levar em conta o tempo de entrega. Muitas vezes esses tipos de produtos saem de centros de distribuição que podem ficar longe da localidade onde o comprador deseja receber. Por isso, planejar e antecipar a venda é fundamental”, explica.

ENTRANDO NO CLIMA

Há pouco mais de um mês do início da Copa do Mundo, que neste ano será em 20 de novembro, consumidores já começam a se interessar por itens como internet, TV por assinatura e artigos esportivos e é aí que entram os e-commerces capazes de atender esta demanda.

“Mais uma vez lembramos que quanto mais próximo da data, maior é a procura e a demora para, por exemplo, receber um produto”, comenta. 

SE PREPARANDO A FESTA

Quando o mês de novembro começar, a procura por itens de decoração, moda e beleza deve aumentar. 

Isto porque muita gente se reúne com familiares ou amigos para assistir aos jogos e é preciso “entrar no clima” com itens com as cores verde e amarelo.

“Os e-commerces  que vendem talheres, forros de mesa, jogos americanos, tudo com tema do Brasil, já alavancam as vendas”, revela.

MÊS DA BLACK FRIDAY

No dia dos jogos ou alguns dias antes, comidas e bebidas costumam ser os produtos mais procurados. É preciso se organizar com estoque e delivery para conseguir atender o cliente da melhor forma possível.

ESTIMATIVAS

E quando o assunto é Copa do Mundo, o torcedor age com o coração e acaba consumindo mais, o que gera um ticket médio com valor mais alto.

Os produtos com maior interesse são:

  1. Eletrodomésticos (59%).
  2. Celular ou tablet (57%).
  3. Moda (56%).
  4. Notebook ou computador pessoal (38%). 
  5. Videogame (23%).

Uma pesquisa da Nielsen diz que 65,5% dos consumidores que pretendem comprar na Black Friday são fãs de futebol. 

Ao menos 54% deles disseram que começaram a juntar dinheiro para comprar durante o dia de descontos. 

Já 50% já estão há algum tempo se planejando para comprarem durante a Copa do Mundo na Black Friday. Três em cada 10 pessoas disseram que vão decidir o que comprar na hora. 

Se você tem dúvidas, procure a ajuda de profissionais. Existem empresas no mercado que oferecem todo um ecossistema que ajuda donos de e-commerces a venderem mais, seja qual for a época do ano. 

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais