Com compras digitais em crescimento, Black Friday traz otimismo para o varejo digital

Com uma perspectiva de crescimento de 42% até 2025, segundo levantamento do Google, o e-commerce tem sido um dos canais de compra preferidos dos brasileiros, que já se preparam para uma das datas promocionais mais aguardadas do ano: a Black Friday.

Para os negócios digitais, antecipar promoções e estratégias de posicionamento antes do dia 25 de novembro pode garantir resultados mais assertivos.

É o que aponta Patrícia de Souza, head de Business Solutions da Híbrido, consultoria especializada em soluções inovadoras para e-commerce:

“É importante pensar com antecipação nas condições de pagamento, compra e promoções, visto que muitos dos consumidores buscam produtos já nas semanas anteriores à data. Isso garante vantagem sobre os concorrentes e a possibilidade de aplicação de métricas mais consistentes para o período”.

A estratégia indicada para os clientes da empresa tem dado certo. No ano passado, a empresa identificou que seus clientes tiveram aumento de 63% no faturamento durante a data na comparação com o mesmo período de 2020. 

A ação indicada pelo especialista da consultoria segue o que muitas pesquisas apontam com relação ao perfil de consumo do brasileiro.

O levantamento aponta que 74% dos consumidores antecipariam suas compras se identificarem promoções atrativas antes do dia da Black Friday. Além disso, 61% dos entrevistados dizem que compram sempre ou quase sempre na data.

POSICIONAMENTO INFLUENCIA NA COMPRA

Entre as questões identificadas pela empresa como assertivas para atrair o consumidor estão a experiência do cliente e o objetivo da empresa durante a data.

“É importante oferecer diferenciais, como questões de web 3.0, provador virtual, realidade aumentada e outras experiências, para engajar o consumidor. Uma boa experiência de compra tem grande impacto sobre o faturamento”, destaca o especialista.

A definição do objetivo e a criação de um planejamento a partir dele também é fundamental.

“Analise as tendências de consumo no período e no seu e-commerce e também separe produtos por ticket médio, curva ABC e outros fatores para ter métricas bem definidas. Também é importante definir uma estratégia de divulgação e investimento para tal. Por fim, fique de olho nos indicadores de desempenho, para mensurar os resultados após a campanha e, assim, planejar assertivamente novas estratégias de posicionamento comercial e de marca”, conclui.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais