Mevo expande solução de receita médica digital em SC

Presente já em mais de 400 unidades hospitalares espalhadas pelo Brasil todo, agora a Mevo, healthtech que descomplica a vida dos pacientes por meio da receita médica digital e opção de compra de medicamentos online, desembarca em Florianópolis para ampliar sua relação com os hospitais, médicos e farmácias do estado.

Na prática, após consultar com um médico de um hospital ou instituição de saúde que utiliza a solução, o paciente recebe um link direto em seu celular ou e-mail, pelo qual é capaz de acessar sua receita e conferir os medicamentos e procedimentos prescritos.

Com este link em mãos, ele consegue comprar os remédios de forma online ou, se preferir a forma presencial, se dirigir a qualquer farmácia das mais de 290 cidades catarinenses ou mesmo de qualquer lugar do Brasil.

“Sabemos da dificuldade que é para grande parte dos pacientes iniciar, aderir e dar sequência a um tratamento médico. No caso do Brasil, existe uma barreira até logística, principalmente para os pacientes crônicos, que, muitas vezes, mensalmente, precisam se locomover por horas para retirar uma receita de um medicamento de uso recorrente. Para a realidade dessas pessoas, a tecnologia da Mevo traz um ganho de praticidade e segurança absurdo”, adianta Cesar Giannotti, sócio e diretor de operações da Mevo.

Na outra ponta, contribuindo com a gestão de hospitais, operadoras e instituições de saúde, além de ser totalmente gratuita, a tecnologia tem fácil integração com os principais softwares hospitalares e prontuários médicos (HIS e PEP), o que garante rápida implantação, no modelo plug n’play.

A plataforma ainda é capaz de oferecer inúmeros elementos de apoio à gestão operacional, seja para decisões baseadas em dados ou, até mesmo, com objetivo de padronização de protocolos clínicos.

“Neste suporte mais gerencial, a tecnologia da Mevo foi pensada para ser democrática, atendendo às especificidades e características de cada região brasileira. Por isso, nós não só digitalizamos o fluxo prescritivo e oferecemos dados estruturados para suportar estratégias e a tomada de decisões, mas também ajudamos as instituições de saúde a pouparem recursos, como na consequente redução de impressão de documentos do cotidiano clínico”, complementa.

SUSTENTABILIDADE

Para fomentar esta transformação digital na saúde catarinense e ajudar as instituições de saúde a pouparem uso de papel, a Mevo também espera implementar o Papelômetro Mevo pelos hospitais da capital catarinense.

O projeto funciona como uma ferramenta que calcula quanto papel a digitalização das receitas médicas já ajudou o setor da saúde a poupar, podendo ser instalado tanto presencialmente, nas salas de espera e atendimento ambulatorial dos hospitais, como digitalmente, por meio de um hotsite.

Até hoje, a empresa já ajudou seus parceiros a poupar quase 100 toneladas de papel, graças à implantação de sua tecnologia de receita digital.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais