Dia do Livro: colunistas listam os melhores para quem quer empreender

No próximo sábado, dia 23 de abril, o mundo comemora mais um Dia do Livro, data em que as pessoas costumam compartilhar nas redes sociais suas leituras recentes ou as que mais marcaram suas vidas.

Seja na tela ou no papel, fato é que a leitura nos faz refletir sobre os mais variados assuntos e é indispensável para todos em todas as idades. 

Para comemorar a data, os colunistas do Economia SC e SP escolheram obras que todos os empreendedores devem ler para iniciar sua jornada no mundo dos negócios. Confira abaixo:

A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL, DO W. CHAIN KIM E RENÉE MAUBORGNE

Colunista: Ana Paula Dahlke

Comentário: Classico né? No livro, os autores afirmam que o êxito duradouro não decorre da disputa entre concorrentes, mas da criação de oceanos azuis, espaços do mercado prontos para crescerem. Então, antes mesmo de abrir seu negócio, analise muito bem a concorrência e o que fazem e tente achar uma brecha ainda não explorada por eles.

SEJA LÍDER COMO O MUNDO PRECISA, DO JOÃO PAULO PACÍFICO

Colunista: Samantha Leal

Comentário: Ele é referência em liderança, felicidade corporativa e nos mostra como é possível aplicar no dia a dia os conceitos de uma liderança generosa e eficiente. Em um mercado tão feroz, como o financeiro,  ele nos ensina que é possível fazer o bem para a comunidade, para os colaboradores e, ainda assim, obter lucro e resultado.

ESTE LIVRO NÃO VAI TE DEIXAR RICO, DO STARTUP DA REAL

Colunista: Rodrigo Pacheco

Comentário: Este livro, ao contrário da maioria dos grandes sucessos que estamos acostumados a ler sobre empreendedorismo, traz uma visão complementar que contesta um pouco da figura que fora criada ao redor do empreendedor e do próprio empreendedorismo. Essa figura contempla algumas narrativas que o livro nos faz refletir e que eu listo-as aqui: a descrença sobre a importância da carreira acadêmica, a valorização exagerada das jornadas de trabalho, sobre ofuscar os riscos ao decidir iniciar um negócio, atuar individualmente no projeto, fidelização versus volume: o quanto se aproximar de 100 pessoas vale mais do que angariar milhares de seguidores que você não consegue dar atenção. A maior contribuição deste livro é cadenciar e equilibrar essas expectativas e trazer à tona questões ainda mais importantes como a saúde mental e a física de quem, muitas vezes, está romantizado pela ideia de alcançar o primeiro milhão.

O LADO DIFÍCIL DAS SITUAÇÕES DIFÍCEIS, DO BEN HOROWITZ

Colunista: Jéssica Paraguassu

Comentário: Para mim é um dos melhores livros de negócios porque ele fala da realidade do empreendedorismo, não romantizando e trazendo conceitos engessados e coisas difíceis de aplicar no dia a dia. Além disso, traz soluções que o próprio autor encontrou para muitos dos dilemas e erros que ele vivenciou.

GESTÃO DE ALTA PERFORMANCE, DO ANDY GROVE

Colunista: Marco Antonio Zanatta

Comentário: Essa obra é uma caixa de ferramentas completa e essencial para qualquer profissional cujo trabalho envolva fazer com que um grupo de pessoas produza algo de valor. Recomendo a leitura pela versatilidade dos conceitos e compreensão prática com que o autor apresenta cenários da vida real que gestores encontram todos os dias. Para superar os desafios de empreender no setor público na transformação de prefeituras digitais, destaco as técnicas e indicadores sugeridos pelo autor para desenvolver equipes altamente produtivas. É um daqueles livros raros e que merece um lugar na cabeceira de todo empreendedor que quer inspirar e gerir pessoas a atingirem o seu melhor.

MELHOR & MAIS RÁPIDO: O CAMINHO INOVADOR PARA IDEIAS IMBATÍVEIS, DO JEREMY GUTSCHE

Colunista: Raquel Souza

Comentário: Ele traz em três partes sistemáticas como a inovação acontece no mercado em si. Com essa leitura, apresenta como identificar as oportunidades, a partir do trabalho realizado com 300 marcas de ponta e executivos das mais poderosas empresas do mundo, assim fazendo do empreendedor “um inovador melhor, um gerente melhor e um investidor melhor”. Indico fortemente a leitura desse livro para empreendedores em todas as fases da jornada.

A REGRA É NÃO TER REGRAS: A NETFLIX E A CULTURA DA REIVENÇÃO, DO ERIN MEYER E REED HASTINGS

Colunista: Guilherme Martins

Comentário: Uma leitura essencial para quem deseja empreender porque a cultura na qual você insere as pessoas é um fator determinante no sucesso de produtos e serviços. É ela, a cultura, que une as pessoas em torno do seu sonho e do propósito do seu empreendimento.

ABUNDÂNCIA: O FUTURO É MELHOR DO QUE VOCÊ IMAGINA, DO PETER DIAMANDIS E STEVEN KOTLER

Colunista: Marcelo Vieira Martins

Comentário: Está entre os melhores porque retrata um mundo repleto de oportunidades. Mostra aquela metade do copo interessante que motiva você a ir em frente. Todos os dados e números apresentados no livro são altamente convidativos a empreender. Existem negócios disponíveis e, como diz o próprio título, abundância de recursos, pessoas e ambiente favorável à disrupção.

LIDERANÇA COM BASE NAS SOFT SKILLS

Colunista: Irene da Silva

Comentário: Eu gosto deste livro porque ele reúne especialistas que trazem uma abordagem  diferente sobre as capacidades comportamentais, as soft skills, cujo foco é a formação de líderes bem-sucedidos, como a comunicação efetiva, liderança empática, capacidade de pensar crítico, motivação, flexibilidade em se adaptar aos cenários, administração do tempo, resolução de conflitos, aprender sempre, postura positiva, resiliência e orientação para resultados.

21 LIÇÕES PARA O SÉCULO XXI, DO YUVAL HARARI

Colunista: Beatriz Bevilaqua

Comentário: Qualquer pessoa que deseja empreender, precisa ter um olhar apurado sobre o mundo que vive. Do mesmo autor de “Sapiens”, o autor aprofunda conceitos complexos em vários aspectos como político, climático, religioso, nacionalista e até mesmo de liberdade. Vale a pena!

PSICOLOGIA FINANCEIRA, DO MORGAN HOUSEL

Colunista: Nilton Spengler Neto

Comentário: Li recentemente e super indico para quem quer entender melhor nossa relação com o dinheiro. O autor traz exemplos práticos de como o nosso psicológico interfere quando o assunto é dinheiro e traz uma série de insights para termos mais controle e usar os recursos com estratégia e segurança.

FUJA DA MÉDIA, DO CARLOS BUSCH

Colunista: Giordana Madeira

Comentário: Considero esse livro um dos melhores para quem quer empreender, pois o conteúdo desperta a necessidade de tornar-se protagonista do seu projeto. É imprescindível que o empreendedor reconheça e assuma a responsabilidade de liderar o processo, buscando fazer mais do que o normal para atingir resultados positivos, focado em fugir da média.

O LADO DIFÍCIL DAS SITUAÇÕES DIFÍCEIS, DO BEN HOROWITZ

Colunista: Guilherme Reitz

Comentário: O livro fala sobre liderança, cultura e gestão de pessoas, e aborda bastante a questão da comunicação. Mostra que grandes CEOs conseguem separar as emoções na hora da tomada de decisões, e comunicam essas decisões de forma eficiente para toda a organização. O autor estimula os executivos a encorajar uma cultura eficiente de compartilhamento e comunicação, mesmo em situações de feedbacks ruins e notícias negativas, pois compartilhar uma notícia ruim com todo o time pode incentivar os colaboradores a ajudar a empresa, e não desmotivá-los. Por fim, ele reforça que a maior prioridade dos CEOs deve ser, sempre, as pessoas, em segundo lugar vem o produto, e, apenas em terceiro, os lucros.

A STARTUP ENXUTA, DO ERIC RIES

Colunista: Felipe Santiago

Comentário: No ano passado eu indiquei o Livro do Guy Kawasaki “A arte do começo”. Ele traz um panorama, de forma simples e objetiva, para organizar as ideias a ponto de não gerar uma grande frustração durante os processos iniciais. Este ano, sugiro A startup Enxuta como uma sequência lógica ao livro de Guy, que traz as perguntas fundamentais a serem respondidas durante o processo de MVP. O outro, de Eric Ries, demonstra step-by-step quais objetivos o empreendedor deve buscar e como alcançá-los. Com uma metodologia muito cristalina é possível organizar bem todo o conteúdo gerado pelos times e sair em busca do resultado que importa, com a maior eficiência possível.

DE ONDE VEM AS BOAS IDEIAS: UMA BREVE HISTÓRIA DE INOVAÇÃO, DO STEVEN JOHNSON

Colunista: Caroline Marino

Comentário: Neste livro, o autor mostra o que está por trás de grandes ideias e os sete padrões fundamentais dos processos de inovação. Segundo ele, quanto maior a diversidade de campos, temas, culturas e contextos a que uma pessoa é exposta, maior é o potencial de que uma ideia seja transferida, adaptada ou reconhecida de um campo para outro, gerando inovação. Para ele, as ideias não são fruto de gênios criativos que, num insight, são capazes de criar algo que mudará para sempre a história. As grandes criações resultam do amadurecimento de uma longa pesquisa, do exercício de pensar sobre tudo e em vários contextos.

AVALIE O QUE IMPORTA, DO JOHNN DOERR

Colunista: Luiz Fernando Souza

Comentário: Muitos livros inspiram, mas poucos demonstram de  forma prática como pensar e agir para reduzir falhas e  desperdícios. Os OKR’s fizeram a diferença na construção e escala de empresas que são referências, como Intel e Google, mas claramente podem (e devem) ser levados para o dia a  dia de todo pequeno negócio, principalmente, pela escassez de recursos que tais empresas têm. Este livro vai direto ao ponto, demonstra de forma prática como foi usado e como podem ser usados no dia a dia. O livro me ajudou a simplificar a forma de pensar e principalmente, definir prioridades para focar no que realmente importa.

A ÚNICA COISA: O FOCO PODE TRAZER RESULTADOS EXTRAORDINÁRIOS PARA A SUA VIDA, DO GARY KELLER

Colunista: Fernanda Trein

Comentário: “Se você persegue dois coelhos ao mesmo tempo, não vai pegar nenhum dos dois”. Como marketeira, eu pessoalmente desconfio quando leio a palavra “extraordinário”. Por outro lado, obter resultados acima da média é algo que me motiva. “A Única Coisa” foi uma leitura que fiz em 2019 e até hoje aplico a Regra do Um, como gosto de chamar no meu dia a dia. A princípio, o livro pode parecer somente um desmantelamento do multitasking, essa prática que tantas pessoas se vangloriam em dominar, Inclusive eu, confesso, era uma delas. De acordo com os autores, uma das pistas que o sucesso deixa é a regra da Única Coisa, e defendem que a chave não está em todas as coisas que fazemos, mas naquelas que fazemos bem, citando a Regra de Pareto. Foi uma leitura que me possibilitou abandonar de vez a síndrome do pato (anda, nada e voa, mas não faz nenhuma delas com excelência). Impactou-me ao ponto de rever o portfólio de serviços da empresa e focar no que de fato, somos excelentes e todos os demais convergem para dar corpo a este serviço. Muitos são os exemplos citados no livro, de pessoas de sucesso que dedicaram-se a uma única coisa, de Einstein à Oprah e Bill Gates, passando por empresas como a Apple e a Starbucks.

VICENTE FALCONI O QUE IMPORTA É RESULTADO, DA CRISTIANE CORREA

Colunista: George Matias de Oliveira

Comentário: Na minha avaliação como empreendedor, é um dos melhores livros que eu já li, pois narra a história do professor de Engenharia que revolucionou o modelo de gestão no Brasil. Livro empolgante, de leitura fácil mescla a história do empreendedor e consultor Vicente Falconi e ensinamentos de algumas das técnicas e conceitos inspirados na eficiência das companhias japonesas. Além disso, menciona conceitos práticos de gestão onde enfatiza: processos, qualidade, resultado, meta, gestão de pessoas, liderança e melhoria contínua. A ciência da importância do resultado em uma organização, e o conhecimento das melhores práticas de gestão são o mote de todo aquele(a) que empreende ou quer empreender.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais