Siga nas redes sociais

Search

Como as ferramentas de comunicação interna podem modificar o ambiente corporativo

Foto: divulgação.
Foto: divulgação.

Por Igor Vazzoler, fundador e CEO da Progic.

Com o avanço da tecnologia, é cada vez mais comum que os empregadores necessitem rever suas estratégias comunicacionais para garantir um relacionamento mais alinhado e atrativo com seus colaboradores. Desse modo, investir em ferramentas de comunicação interna é uma ótima forma de tornar a troca de informações mais eficiente e, consequentemente, obter melhores resultados financeiros.

Os objetivos das ferramentas de comunicação interna são diversos, como por exemplo informar, alinhar, motivar e engajar. Os canais de comunicação interna podem ser face-a-face, como reuniões e palestras, ou por meio do E-mail e TV Corporativa, por exemplo.

Principais benefícios que a utilização das ferramentas certas pode proporcionar para a Comunicação Interna da sua empresa:

1 – Otimização do trabalho do comunicador

A tecnologia se tornou uma grande aliada do tempo, e isso pode ser comprovado por meio das diversas invenções que mudaram a vida das pessoas no decorrer dos anos. Essas invenções impactaram o ambiente de trabalho e otimizaram diversas tarefas diárias, permitindo que os funcionários dediquem seu tempo em funções que a tecnologia ainda não realiza sozinha. As ferramentas de comunicação interna também fazem parte dessa evolução e hoje possuem um papel ainda mais estratégico no dia a dia dos profissionais da área. Contar com um planejamento e a comunicação de informações consistentes, segmentadas e instantâneas podem ser considerados alguns dos principais benefícios.

2 – Fortalecimento do clima organizacional

As ferramentas possuem grande importância no processo de fortalecimento do clima organizacional e aumentam a proximidade entre líderes e colaboradores. Então, ao investirmos em ferramentas de comunicação interna que estejam alinhadas ao perfil do público interno e permitirmos que a equipe fique por dentro dos objetivos e decisões da empresa, estamos aumentando o sentimento de valorização e, consequentemente, motivando e engajando mais os funcionários. Uma comunicação transparente, consistente e ética gera maior confiança nos colaboradores, diminui incertezas, conflitos desnecessários e a rotatividade dos profissionais. Então se torna indispensável a utilização de ferramentas que permitam uma comunicação de mão dupla, onde o colaborador pode ser ouvido e pode se sentir parte desse processo.

3 – Maior alcance e efetividade da comunicação interna

Ao identificarmos as características existentes dentro de cada departamento, podemos entender as personas dos colaboradores e adaptar os meios de comunicação existentes a elas. Assim, facilitamos a compreensão dos comunicados e também aumentamos o alcance da informação. Escolher ferramentas que funcionem dentro da realidade da sua organização é fundamental para que esses benefícios sejam alcançados. Ou seja, entender as vantagens e limitações de cada uma é o primeiro passo para implementá-las.

4 – Reforço da identidade visual da empresa

O reforço da identidade visual é mais um ponto positivo alcançado pelas ferramentas de comunicação interna nas empresas. Por meio dos comunicados e campanhas vinculadas a elas, podemos reforçar a personalidade e os objetivos da organização. Além disso, materializar a identificação visual do negócio é fundamental para um processo comunicativo mais direto e efetivo com o time. Pois além de permitir que a equipe possa se identificar mais facilmente com a marca da empresa, ela aumentará o sentimento de pertencimento e ainda facilitará o compartilhamento das boas impressões sobre o local de trabalho.

5 – Automatização da comunicação interna

A automatização dos processos comunicativos vem se tornando cada vez mais comum nas empresas por conta de suas inúmeras vantagens. E podemos dizer que ela beneficia tanto os emissores quanto os receptores, já que além de gerar uma diminuição no custo e tempo gasto nas ações, ela aumenta as chances das atividades se tornarem mais dinâmicas e assertivas. Investir em ferramentas que possibilitam essa automatização na Comunicação Interna é uma ótima maneira de potencializar as mensagens e diminuir as falhas no recebimento. Algumas empresas utilizam a TV Corporativa com a maioria da programação automatizada, exibindo principalmente gráficos e dados sobre o negócio. Nesses casos, em que a principal aplicação das telas é realizar a gestão à vista, há pouco trabalho operacional para manter o canal atualizado.

6 – Obtenção de métricas

Para superar este desafio e mostrar o valor da comunicação interna para os diretores e colaboradores, é fundamental que a equipe de CI utilize dados e métricas para acompanhar e provar a eficiência das metodologias de comunicação utilizadas. Desta forma, além de poder tomar decisões estratégicas baseadas em números, a equipe de CI terá mais argumentos para convencer a diretoria a investir no setor. Uma das vantagens de novas tecnologias como aplicativos e redes sociais corporativas, é a facilidade na obtenção dessas métricas, mas como o que buscamos avaliar, muitas vezes é mais qualitativo que quantitativo, as pesquisas internas seguem sendo uma das principais formas de mensuração das ações de comunicação interna. É sempre muito importante analisarmos as necessidades internas da nossa organização no momento de investirmos e escolhermos novas estratégias. Por isso, espero que esse conteúdo tenha te ajudado a entender um pouco mais sobre alguns dos benefícios e sobre o papel estratégico das ferramentas de Comunicação Interna em nosso dia a dia.

Compartilhe

Redação Economia SC

Tudo sobre economia, negócios, inovação, carreiras e sustentabilidade em Santa Catarina.

Leia também

Receba notícias no seu e-mail