A viabilidade de negócios sustentáveis na indústria têxtil

O discurso sobre produção sustentável na indústria da moda é cada vez mais presente no mundo. A diminuição dos impactos ambientais e sociais é um dos objetivos do Pacto Global, que traz a circularidade na produção e consumo como estratégia fundamental. Também é notório que os consumidores estão atentos a esta pauta e usando a sustentabilidade como um fator sobre a decisão de compra.

Seja através da mudança da cultura do consumidor ou de imposições legais, a produção têxtil mundial está em processo de transformação e a indústria brasileira pode e deve assumir a liderança desse movimento, que só trará benefícios a todo o ecossistema envolvido se entendido como um caminho a ser percorrido.

É imprescindível falar sobre o assunto, mas com o objetivo de encontrar um denominador comum e não um culpado. Quando nos propomos a transformar a cultura dos outros, especialmente, quando a cultura em questão é empresarial, naturalmente, vinculada a expectativas, estratégias e retorno sobre o investimento, precisamos lembrar que estamos falando de uma negociação, onde existem lados com interesses opostos, mas que com a abordagem adequada podem se harmonizar.

Pouco adianta focar na posição ocupada ou na postura da outra parte para encontrar uma solução. Muito mais eficaz é entender e reconhecer os interesses do outro como legítimos para, a partir daí, trabalhar os objetivos viáveis através do diálogo e da conscientização. Na minha humilde opinião, vivemos um conflito entre o ideal X o viável e o sustentável ambiental e socialmente X o que pode ser sustentado economicamente.

Observando as dificuldades sobre como produzir melhor, o Febratex Group realizou, em 2019, a 1ª edição do Febratex Summit, que trouxe ao palco temas relacionados à transição digital e sustentável da indústria têxtil, com a participação de palestrantes internacionais de relevância para o setor que outrora vivenciaram essas transformações.

Diante desse grande desafio que a indústria têxtil e moda têm de produzir em escala e de forma sustentável, nos propomos a ser a plataforma que unirá, em um só lugar, toda a cadeia de fornecimento nacional, pois somos reconhecidos pela capacidade de realizar grandes eventos, conectando empresas e profissionais da indústria em todos os pólos têxteis do Brasil. 

Com a realização da 2ª edição do Febratex Summit, que vai acontecer em 23 e 24 de agosto, de 2023, retomamos o nosso projeto de promover a circularidade da inovação e do conhecimento para a indústria têxtil brasileira, realizando nos anos pares, a Febratex, reconhecida feira para tecnologia e, nos anos ímpares, o Summit, para informar, inovar e inspirar pessoas, afinal, acreditamos que a indústria têxtil é: 20% e 80% pessoas.

Se a sua empresa está comprometida com a transformação verde da indústria têxtil e moda, a partir da contínua geração de negócios sustentáveis, engaje-se a esse projeto e nos ajude a promover mais desenvolvimento à indústria brasileira.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais