Investimentos em startups brasileiras já supera em 120% o total do ano passado

As startups brasileiras já somam US$ 8,01 bilhões de investimentos angariados este ano, segundo o Inside Venture Capital, relatório mensal produzido pela plataforma de inovação aberta Distrito com apoio do Bexs Banco.

O volume supera em 120% o total do ano passado, quando as startups receberam US$ 3,65 bilhões. Foram 614 rodadas no ano, a maior parte para empresas de finanças, varejo e saúde. 

“No fim do primeiro semestre, tínhamos a expectativa de atingir US$ 8 bilhões em investimentos no ano, o que já ocorreu agora no fechamento de outubro. Temos indícios fortes para acreditar que este movimento é sólido e que o crescimento do mercado irá perdurar por alguns anos, dada a necessidade emergente de inovação e tecnologia, sobretudo em países como o Brasil, com tantos desafios ainda a serem resolvidos”, afirma Gustavo Gierun, cofundador do Distrito. 

O setor que recebeu maior volume de investimentos foi o de fintechs, que já acumula US$ 3,2 bilhões no ano, seguido das retailtechs, com US$ 1,04 bilhão, real estate com US$ 1,02 bilhão, de edtechs com US$ 552,7 milhões, e as startups de mobilidade com US$ 366,4 milhões.

Foram realizadas em outubro 33 fusões e aquisições, totalizando 211 no ano. No ano passado, foram apenas 165.

O maior número de transações foi com fintechs (44), martechs (27), retailtechs (25), edtechs (15) e healthtechs (13). 

No cenário mundial, o Brasil aparece como o maior ecossistema da América Latina, com volume de investimentos 130% maior que o segundo lugar, o México.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais