Como se tornar um investidor anjo e ir além do óbvio?

Eu preciso de dinheiro? Mas é claro! E além disso? O famoso termo smart money trata-se de dinheiro + conhecimento, uma fórmula que os CEOs adoram em um investidor-anjo. Agora, como adquirir dinheiro + conhecimento? Vai aí uma frase para entender:

“A metodologia que mais gosto é gastar sola de sapato”, como diz Camila Farani.

Faço das palavras dela, as minhas! O conhecimento vem da teoria + prática e, confesso que prefiro mais a prática (essa frase da Camila é muito a minha cara!). No entanto, estudar não pode ser deixado de lado, o mix dos dois é valioso para o objetivo final.

Agora, o dinheiro é o seu trabalho, não espere um milagre não. Para começar a investir, normalmente você precisa ter uma grana sobrando, eu digo que em torno de R$ 50 mil, sem considerar sua reserva de emergência, tá?

Na maioria das vezes, não precisa diluir o valor total já de cara, você pode iniciar com R$ 5 mil, por exemplo, e colocando o restante em outros negócios.

Ah Thiago, eu tenho a grana mas não quero e nem tenho o conhecimento, estou olhando somente o retorno financeiro. Tem espaço para você também!

Aqui deixo um adendo que é meu ponto de vista: colocar só o dinheiro ou entrar somente com o conhecimento?

Sim, as startups procuram o dinheiro para alavancar, mas também o investidor certo para o negócio, que consiga ajudar com abertura de portas, conhecimento na área de negócio para decolar a empresa e, principalmente, uma cultura de fazer acontecer.

Para mim, não faz sentido você investir só com o conhecimento, colocar o dinheiro mostra a responsabilidade e a obrigação de estar no jogo com o empreendedor.

Bom, hoje acredito que está mais fácil investir, existem alguns termos de investimentos coletivos em startups que é sua porta de entrada para iniciar a jornada, nada impede de você iniciar assim e depois se aprofundar nos estudos.

Um investidor-anjo é como se fosse um produto seu que tens que vender, realmente é um mercado, coloca isso na cabeça, quanto mais bem preparado você estiver, mais startups vão querer você no board delas, e vamos lá, é esse teu objetivo!

Entrar em uma associação de investidores é a melhor dica que vai receber aqui. Vou deixar um jabá para a SC Angels, rede de investidores em startups que atua no  Sul do Brasil.

Lá você vai aprender tanto, que vai se apaixonar por investimento. Inclusive, segue a gente no Youtube e Spotify, temos um podcast com essa vibe em investimento anjo, o Capivara Tank.

No final você precisa entender que leva tempo também, da mesma forma que você é um especialista na sua área, o investidor anjo também aprende na sua jornada. Te convido a pelo menos ser curioso e tentar entender esse ecossistema.

“Jogo é jogo, treino é treino”. Já estudei, já entrei em uma associação, já fiz o meu primeiro investimento. BUUUM! Me tornei um investidor anjo, é bem por aí…

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais