A moda do futuro

Os tempos são outros e a moda corre para acompanhar. O grande lance é aliar tecnologia, conforto, sustentabilidade, inovação e estilo à moda. Tudo junto!

Beber da fonte do passado para reinventar o futuro faz parte da história da moda. Novas tecnologias surgem quase que semanalmente, e novas possibilidades se abrem para serem exploradas. 

Muitos autores citam que as roupas do futuro serão inteligentes e customizáveis. E, mesmo parecendo futurista, nos dias atuais já encontramos trajes personalizados, vestidos criados em impressoras 3D e tecnologias vestíveis. 

Iris Van Herpen cria moda impressa em 3D sem limitações de forma e geometria.

Você pode estar imaginando como essas tecnologias estão revolucionando nossa moda e mantendo a beleza visual, pois, nas passarelas do mundo, os estilistas continuam buscando a elegância e a beleza nos produtos, sendo a tecnologia uma função a mais. É essa “função”, contudo, que se torna relevante para que a marca se mantenha ativa no mercado altamente competitivo e disruptivo.

A moda do futuro traz inovações que proporcionam novas experiências de compras ao consumidor, desde o momento do conhecimento do produto até o seu descarte ou fim de vida.

Com isso, startups e grandes marcas passaram a apostar em tecnologia para trazer um diferencial às roupas e acessórios.

Tais benefícios vão além das tendências e estilo. Estes avanços tecnológicos na moda auxiliam em processos mais sustentáveis, como também em novas maneiras de facilitar a vida cotidiana.

Katy Perry
Katy Perry  durante o Costume Institute Gala 2010. Seu vestido, desenhado pela dupla de moda tecnológica Francesca Rosella e Ryan Genz da CuteCircuit, foi infundido com 24.000 lâmpadas LED.

As roupas estão começando a se comunicar com o que está à nossa volta e a alimentar processos interativos entre os seres humanos e o meio ambiente.

Esses materiais considerados inteligentes, quando combinados com sistemas de processamento de dados, criam sistemas reativos e interativos, que podem ser vestíveis ou estar embutidos em objetos do cotidiano. 

Visijax Commuter Jacket usa a tecnologia para melhorar a segurança do ciclista. Um revestimento de Teflon faz com que a jaqueta seja a prova d´água e o sistema de ventilação mantenha a temperatura fria.

Uma bateria recarregável é capaz de ativar automaticamente luzes de LED brancas e vermelhas, além de indicadores similares aos de carros. Esse é um dos recursos mais interessantes para ciclistas.

Jaquetas imbuídas de tecnologia para ciclistas.

Os avanços tecnológicos têm possibilitado desenvolvimentos-chave na história dos vestíveis. A tecnologia vestível propõe a construção de circuitos eletrônicos ao redor do corpo e embutidos em tecidos.

Componentes eletrônicos e baterias são compostos por materiais diferentes daqueles que a moda está acostumada. Talvez seja esse um dos maiores desafios no desenvolvimento de uma peça com tecnologia vestível.

Podemos citar roupas multifuncionais com nanotecnologia incorporadas, como no caso de tecidos com nanopartículas da startup brasileira Nanovetores, os quais apresentam propriedades hidratantes no tecido. Ou no caso do tecido antiviral com nanopartículas, da startup TNS. Vale lembrar que essas duas startups são brasileiras e de Santa Catarina, com reconhecimento mundial em produto para moda.

Nanotecnologia versus Covid-19: empresa de SC cria produto que elimina  vírus de roupas e superfícies

A tecnologia realmente está mudando nossa moda cotidiana, mas mudando para melhor e sem perder sua verdadeira imagem.

Assim, vale ressaltar, para estilistas e designers, que é muito importante ter um olhar atento para tecnologias e aplicá-las nos produtos, ampliando seu ciclo de vida e manutenção da marca no cenário da moda. 

A essência da moda, com seu devido glamour e beleza, não irá retroceder, mas, sim, será atualizada com muita tecnologia, que visa ajudar os clientes a ter uma rotina mais saudável, escolhas mais assertivas para seu perfil, por produtos personalizados e ainda com um menor impacto no meio ambiente.

Moda e tecnologia possuem uma relação bem próxima, e o desenvolvimento de uma tem influenciado diretamente o desenvolvimento da outra. 

Assim, acredito que, nos próximos anos, vamos ter muitas novidades em nosso mercado de moda e tecnologia. E você, o que acha?

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais