Siga nas redes sociais

Search

Governança do ecossistema impulsiona a inovação em Blumenau

Foto: Divulgação

No cenário atual, a busca pela inovação e pelo desenvolvimento econômico se tornou um imperativo para municípios em todo o mundo. Com isso, a governança se tornou um pilar crucial para os resultados do ecossistema.

Em Blumenau, a governança desempenha um papel estratégico na execução do plano elaborado para impulsionar a inovação na região, por meio da promoção do empreendedorismo e o crescimento sustentável da região. 

A governança é uma estrutura dentro do ecossistema que atua sistematicamente e é compreendida como estratégica para a melhoria contínua dos resultados do ecossistema. A importância de uma governança para o ecossistema do município é ainda maior, pois será esse grupo que dará sustentação e executará o plano estratégico previamente elaborado“, explica Marcos Daniel, agente Local de Inovação para Ecossistemas de Inovação do Sebrae SC e Consultor de Inovação e Planejamento.

Os principais objetivos da governança do ecossistema em Blumenau incluem o fortalecimento da cultura de inovação, o estímulo ao empreendedorismo inovador, a promoção de ações integradas e planejadas com resultados maximizados, sempre com foco na demanda de mercado e na vocação regional, criando um ambiente favorável para o desenvolvimento econômico e territorial, evitando duplicação de esforços e otimização de recursos, bem como garantir a perenidade de ações importantes e priorizadas.

Foi definido um propósito que é “Potencializar a inovação em Blumenau por meio de um ecossistema amplamente conectado”, bem como um conjunto de estratégias consideradas relevantes que levam em conta ambientes de Inovação, programas e ações, instituições de ensino, políticas públicas, capital financeiro e o desenvolvimento das governanças“, complementa.

O trabalho de governança do ecossistema blumenauense foi montado seguindo uma metodologia já aplicada em ecossistemas líderes ao redor do mundo e abrange os eixos econômicos baseados na vocação regional, que são: Eletrometalmecânico, Saúde e Bem-Estar, Têxtil e Moda, Tecnologia da Informação e Comunicação, além de Turismo e Economia Criativa e o Distrito de Inovação.

Para cada um desses eixos, traçamos estratégias que desdobram em ações, como a realização de eventos e palestras sobre inovação, identificação de ações e atores que já atuam com inovação no setor, articulação com programas já existentes nos ambientes de inovação, para promover a integração ou ainda a estruturação de projetos de estímulo ao empreendedorismo inovador“, destaca.

Formada por pessoas interessadas e comprometidas com o propósito do ecossistema, a governança é baseada na chamada “quádrupla hélice”, composta pelo poder público, instituições de ensino, empresas e associações.

Segundo ele, à medida que as governanças desenvolvem o nível de maturidade, as ações passam a ser cada vez mais impactantes, estruturadas e integradas, gerando visibilidade para o ecossistema, atraindo investimentos, desenvolvendo a economia, elevando a competitividade e, como consequência, melhorando o bem-estar das pessoas através da inovação.

Em Blumenau, a meta é realizar, ao menos, uma reunião por mês em cada uma das seis governanças, além de reuniões específicas quando demandado em alguma ação ou articulação. 

Nessas reuniões, são discutidas formas de executar as estratégias, atualização das ações em andamento, entre outros temas relevantes para o Ecossistema, sempre com pauta, ata e lista de presença, e cada governança estipula, em comum acordo, qual melhor horário dentro da dinâmica dos participantes, que podem ser pela manhã, tarde ou ainda à noite. Grande parte das reuniões acontece no Centro de Inovação Blumenau (CIB), mas também já aconteceram em outros locais como Senai, AMPE, Haco, Vila Germânica e Casa do Turismo“, complementa.

Ainda no mês de setembro, será realizado um trabalho que visa medir o nível de maturidade do ecossistema, considerando os avanços dos últimos 12 meses.

No dia 16 de outubro, no CIB, será realizado um painel com o tema A importância das governanças no Ecossistema, onde serão apresentados os principais pontos, avanços e desafios pertinentes às governanças e ao ecossistema de inovação.

O painel vai acontecer dentro da Oktober Tech, evento de Inovação e Tecnologia promovido pela Blusoft com apoio do Sebrae, prefeitura de Blumenau através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação e o Centro de Inovação Blumenau, através do Instituto Gene. O evento é gratuito e aberto para a população, a partir das 13h“, convida.

Compartilhe

Jornalista, Community Manager e Editora-chefe do Economia PR

Leia também

Receba notícias no seu e-mail